A cultura do vinil tem voltado com força nos últimos tempos. Isso é resultado de um conjunto de fatores, incluindo os sistemas DVS. Essa semana Phase deu um passo a mais e promete revolucionar a indústria com uma tecnologia wireless. Descubra abaixo.

WMW é uma startup que vem investindo em sistemas, apps e tecnologias voltadas à música moderna. De acordo com eles, o objetivo principal é tornar o processo de fazer música muito mais acessível à todos.

A última novidade anunciada pela companhia envolve um sistema DVS que promete revolucionar a cultura “turntablist”. Eles prometem surfar nessa onda do ressurgimento do vinil através de uma tecnologia sem precedentes.

Phase – Digital Vinyl System totalmente wireless

O sistema DVS anunciado pela WMW ano passado foi finalmente lançado essa semana, dia 25 de Abril.

Phase é um tipo de dispositivo totalmente diferente dos DVS tradicionais. Ao invés de utilizar os vinis time-code junto de uma placa de som cheia de cabos, ele faz uma leitura da rotação dos discos através de um sistema digital sem fio.

Basicamente ele funciona da seguinte forma: dois transmissores, cada um acoplado em um deck, capturam os movimentos e a rotação do vinil e enviam o sinal digital para um receptor central. Esse receptor é a única parte conectada ao mixer via cabos rca.

O sistema então envia essas informações diretamente para o software sendo executado no computador. Tudo isso livre das complicações dos cabos (pelo menos uma parte). Quem toca com um sistema timecode tradicional entende o drama das 1001 conexões…

Além dessa facilidade envolvendo os cabos, Phase também simplifica outras questões muito pertinentes.

Ele automaticamente elimina os problemas com as agulhas, seja o desgaste ou até mesmo a configuração correta. Se você toca com vinil sabe como trocar agulhas é algo rotineiro e que normalmente pesa no bolso.

Phase também acaba com o problema do ruído “hum” gerado pelas vibrações do toca-discos. Geralmente esse ruído costuma conter muitas frequências graves, fazendo com que a definição das músicas, especialmente nas baixas frequências, sejam comprometidas.

O turntablism ainda possui uma aura muito forte. Tocar no vinil é um sonho pra muitas pessoas, mas o custo da brincadeira normalmente estoura os orçamentos e restringe o acesso.

Essa tecnologia pode ajudar muita gente a chegar mais próximo dos toca-discos. Especialmente se pensarmos na redução dos custos com as placas DVS e com as agulhas. Sem falar na praticidade do sistema wireless.

Vamos torcer para que o sistema seja tão bom quanto aparenta ser. De acordo com WMW, Phase é ultra preciso e captura praticamente sem latência qualquer movimento executado nos toca-discos.

Ele já está a venda no site da fabricante por $349 ou $549 em uma modalidade mais robusta.

Resta-nos aguardar pelos próximos capítulos. Será que o sistema vai conquistar o público mais resistente à essas tecnologias? Será que a moda pega? Queremos ouvir de você. Deixe sua opinião na seção de comentários.

Veja mais notícias aqui!

Saiba mais